A relação entre o Reino e os Salvadores saiu do controle no 13º episódio da 7ª Temporada de The Walking Dead (S07E13 – “Bury Me Here”). O plano de Richard para convencer Ezekiel a enfrentar os Salvadores aparentemente falhou, mas no final todos estão prontos para irem à guerra – inclusive Carol e Morgan!

E como de costume, um novo episódio de The Walking Dead significa novos detalhes que poucos perceberam e que foram listados a seguir! Você conseguiu se atentar a todos esses itens?

1 - A morte de Benjamin provavelmente teve grande peso na decisão de Carol

Ela esteve fora de ação durante toda a 7ª temporada, mas agora que Carol soube do destino de Glenn e Abraham, seu período de isolamento finalmente acabou. A própria atriz que interpreta a personagem, Melissa McBride, confirmou em entrevista que Carol está pronta para a guerra:

Ela está pronta para lutar. Ela sabe que é isso que aconteceria se ela descobrisse o que aconteceu, e é por isso que ela não queria saber.

Descobrir que seus amigos morreram são motivos bem fortes para voltar à ativa e isso ficou bem óbvio no episódio. O detalhe que poucos podem ter percebido é que Benjamin talvez tenha sido a última gota que faltava, apesar de Carol sempre ter se mostrado hesitante em se envolver com o garoto.

Esta hesitação foi evidenciada uma última vez no começo do episódio, quando Benjamin pede para que Carol o ensine a lutar, sendo prontamente negado.

Carol já teve sua cota de sofrimento com a morte de jovens sobreviventes. Depois de Sophia, Lizzie, Mika e Sam, a morte de Benjamin é mais um forte golpe, ainda mais considerando que se Carol tivesse aceitado aquele pedido, ele não teria sido baleado e morto pelos Salvadores.

2 - Provavelmente vimos a primeira personagem mulçumana da série

The Walking Dead sempre apresentou personagens das mais diversas etnias. E durante este episódio aparentemente fomos apresentados à primeira mulçumana, uma habitante do Reino chamada Nabila.

Seu nome significa “nobre”, “felicidade” ou “honorável” e a personagem apareceu duas vezes neste episódio, sendo apresentada quando se dirigiu a Ezekiel para informar sobre as pragas nas plantações.

Nabila é uma personagem exclusiva da série de TV, mas os quadrinhos já apresentaram um mulçumano, chamado Siddiq. Contudo, provavelmente não o veremos até o término da guerra contra os Salvadores.

3 - As pragas foram um simbolismo aos Salvadores

Não foi uma mera coincidência que o jardim real sofreu uma infestação de pragas no mesmo episódio que a situação saiu do controle com os Salvadores. De fato, parece ser um interessante simbolismo.

As pragas estariam representando a relação parasitária dos Salvadores sobre o Reino. Para salvar os outros jardins das pragas, o jardim real precisaria ser removido, assim como homens do Reino precisariam ser sacrificados para salvar de uma vez por todas a comunidade dos Salvadores.

Através do sacrifício do jardim real (os bravos guerreiros do Reino), os outros jardins (o restante da comunidade) seriam salvos. E após a eliminação da praga e das plantações infestadas, o jardim real poderia ser replantado (uma nova geração de sobreviventes), resultando em uma nova vida para a comunidade.

4 - Morgan experimentou em primeira mão os ensinamentos que passou para Benjamin

Ao longo deste episódio, Benjamin citou duas vezes o mesmo trecho de “A Arte da Paz” para Morgan: “Ferir um oponente é ferir a si mesmo”.

E após ter matado Richard, foi deixado bem claro o quão “ferido” Morgan ficou, se descontrolando e tendo visões de sua loucura passada, além de seu falecido filho.

5 - Morgan confundiu Benjamin com seu próprio filho

A saúde mental de Morgan sempre esteve frágil e até então ele tem se agarrado à sua política de não matar para manter a sanidade. Mas após se descontrolar e estrangular Richard, ele parece estar entrando em um caminho sem volta, que remete à seu estado quando foi encontrado por Rick e Michonne na 3ª temporada (S03E12 – “Clear”).

Ao tentar explicar seus motivos para Ezekiel, Morgan chama Benjamin de Duane, um nome que muitos podem ter esquecido. Duane foi o filho de Morgan, que apareceu apenas no primeiro episódio da série (S01E01 – “Days Gone Bye”).

Morgan revela à Rick que sua própria esposa, Jenny, que havia se tornado um zumbi, mordeu Duane. Morgan atirou em Jenny, mas não revelou se fez o mesmo com seu filho ou o deixou vagando como um zumbi.

6 - Ezekiel treinou Michonne na HQ - ele treinará Carol na TV?

Após os eventos deste episódio, Ezekiel e Carol concordam que devem lutar. E com esse consentimento mútuo, será que Carol será treinada pelo rei, assim como aconteceu com Michonne nos quadrinhos?

Carol está claramente tomando várias das tramas da versão da Michonne na obra original de Robert Kirman, onde a espadachim se envolve com Ezekiel e recebe treinos com espadas. Será que veremos cenas parecidas na série de TV?

7 - Este episódio e o próximo foram invertidos

Uma peculiaridade presente desde quando Scott Gimple assumiu como showrunner de The Walking Dead na 4ª temporada é presença de alguma morte de certa relevância no 14º episódio.

Foi assim na 4ª temporada com a morte de Lizzie e Mika (S04E14 – “The Grove”), na 5ª temporada com a morte de Noah (S05E14 – “Spend”) e na 6ª temporada com a morte de Denise (S06E14 – “Twice as Far”).

Segundo os spoilers das gravações, as mortes de Ben e Richard estavam previstas para o 14º episódio desta temporada, mantendo a tradição. Elas de fato aconteceram, mas por algum motivo não revelado, os produtores inverteram a ordem dos episódios 13 e 14.

Ou seja, o episódio que mostrará o plano de Sasha e Rosita para matar Negan (S07E14 – “The Other Side”) deveria ter sido exibido antes. E esta foi a segunda vez que episódios foram invertidos na 7ª temporada. Os episódios dois e três, (S07E02 – “The Well”) e (S07E02 – “The Cell”), também foram invertidos.

***

Percebeu mais algum detalhe no 13º episódio da 7ª temporada de The Walking Dead? Compartilhe conosco nos comentários abaixo!

Fonte MP
"We are surrounded by the dead. We're among them and when we finally give up, we become them! Don't you get it? WE ARE THE WALKING DEAD!"
Prezamos por comentários relevantes e respeitosos. Confira nossa Política de Comentários e para mais discussões sobre The Walking Dead e outras séries, curta nossa página no Facebook! Gostaria de escrever para o The Walking Dead Brasil? Clique aqui e faça parte do site.