Robert Kirkman, criador de The Walking Dead

O criador de The Walking Dead, Robert Kirkman, tem um recado para os fãs de Daryl Dixon: Ninguém está a salvo. Não só ninguém está a salvo, como ele não se importa com as reclamações.

Todos acabam assumindo que Daryl Dixon e Rick Grimes são intocáveis na série de TV devido à popularidade que ambos possuem, com fãs muito ativos. Contudo, Kirkman fala que não devemos confiar muito nessa ideia.

Abordado sobre essa questão pelos repórteres após o painel de The Walking Dead na Comic-Con da última sexta-feira, o autor desabafa:

Eu recebo um monte de e-mails de fúria sempre que mato alguém nos quadrinhos, o que sempre me incomoda. Tipo, já se passaram mais de cem edições! Vocês ainda não perceberam como as coisas funcionam? Não estão lendo direito? Mas, principalmente sobre essa coisa dos fãs se pararem de ver a série se o Daryl morrer. Eu encaro isso como um desafio. Tipo “Ah, é mesmo? Vocês não vão mais assistir? Bem… veremos. Ninguém está a salvo.”

Kirkman e o atual produtor executivo Scott Gimple ainda brincaram sobre a questão, falando que se eles matassem um dos personagens mais queridos apenas por birra, provavelmente também não estariam a salvo.

Nós que provavelmente ficaríamos em perigo. Eu digo, fisicamente.

 

O que acha? Kirkman e Gimple terão mesmo a ousadia de matar Daryl? E se ele morrer, você vai deixar de assistir a série?

 

Via ComicBook

"We are surrounded by the dead. We're among them and when we finally give up, we become them! Don't you get it? WE ARE THE WALKING DEAD!"
Prezamos por comentários relevantes e respeitosos. Confira nossa Política de Comentários e para mais discussões sobre The Walking Dead e outras séries, curta nossa página no Facebook! Gostaria de escrever para o The Walking Dead Brasil? Clique aqui e faça parte do site.