A história original de The Walking Dead, em quadrinhos, continua sendo publicada nos Estados Unidos pela editora Image, com periodicidade mensal, e o arco atual, da imensa comunidade de Commonwealth, conta com mudanças drásticas na vida dos sobreviventes.

Nos quadrinhos Rick continua como protagonista e Carl está vivo e com grande desenvolvimento. Já Michonne nunca se relacionou com Rick e sim com Ezekiel.

Confira a seguir um breve resumo dos principais acontecimentos do arco atual e o que foi destaque na edição deste mês de The Walking Dead. CONTÉM SPOILERS!

***

Após o conflito contra os Sussurradores, Alexandria e Hilltop foram praticamente destruídas. Enquanto isso, Eugene mantinha contato pelo rádio com uma mulher chamada Stephanie, que dizia ser de uma comunidade no estado de Ohio. Ávido por ajuda para reconstruir as comunidades, Rick enviou um grupo até esta comunidade.

Ao chegarem lá, eles têm várias surpresas. Esta comunidade, Commonwealth, é a maior já vista em The Walking Dead, com 50 mil habitantes, dispondo um exército próprio, composto por militares de verdade, e liderados pela Governadora Pamela Milton.

Além disso, Commonwealth abrigava Elodie, a filha perdida de Michonne. Após reencontrar com sua filha, a espadachim resolve ficar na comunidade e exercer advocacia. O novo emprego de Michonne a fez perceber os problemas locais e a insatisfação do povo com seus governantes.

Commonweallth trabalha com um sistema de castas onde o que você fazia na vida pré-apocalíptica define quem você era atualmente. Isso, somado com a postura da Governadora e seu filho, causa muito desconforto entre os militares, principalmente o líder deles, Mercer.

Dwight é um dos que mais ficam inconformados com esta situação e tenta organizar o povo para derrubar o governo. Quando a situação fica fora de controle, Rick se vê obrigado a matar Dwight para acalmar os ânimos. Contudo, a morte de Dwight virou o estopim que faltava para uma revolta popular e dos militares.

Sofrendo pela perda de Dwight, Laura organizou os militares para iniciarem uma tomada do poder. Mercer organizou um golpe militar e pediu que Rick os liderassem. Mas a Governadora Milton não pretende abdicar de seu cargo sem luta…

The Walking Dead 191: Principais eventos

  • Rick tenta acalmar os ânimos com os dois grupos para evitar uma guerra civil nas ruas de Commonwealth.
  • Rick percebe que no fundo nenhuma das partes quer morrer em uma luta e aproveita para discursar para todos.
  • Em seu discurso, Rick exibe seu braço amputado e relembra para todos como este novo mundo deixou cicatrizes físicas e mentais em todos, que servem para lembrar do sofrimento que todos passaram até chegar neste ponto.

Este mundo nos marcou, tanto física quanto mentalmente. Nós carregamos estas cicatrizes diariamente. Elas servem para nos lembrar do que tivemos que passar… o que tivemos que fazer para sobreviver… o que outros tiveram que fazer para que nós sobrevivêssemos.

Sacrifícios fizeram com que todos nós chegássemos aqui, a este ponto, de termos todas essas pessoas em segurança. De chegarmos perto de como as coisas eram.

Eu costumava pensar que tínhamos que deixar nossa humanidade de lado… e agir com selvageria para sobreviver… pois o mundo que nós conhecíamos nunca voltaria.

Eu estava errado.

Nós estamos fazendo o caminho de volta. Eu posso ver nosso futuro e ele é iluminado. Nós não vivemos mais cercados pelos mortos. Não estamos mais entre eles. Não estamos mais vivendo como se cada minuto fosse o último.

Nós podemos ser felizes. Nós podemos ter paz. Nós podemos viver novamente.

Nós não somos os mortos-vivos!

  • Rick confessa que achava que a única forma de sobreviver neste novo mundo seria com selvageria, como na época da prisão que fez um discurso totalmente oposto, terminando com a famosa frase “WE ARE THE WALKING DEAD” (nós somos os mortos-vivos).
  • Rick percebeu que estava errado e viu o que poderiam fazer, resgatar a civilização e fazer um mundo melhor do que era antes.
  • Eles não estavam mais cercados por zumbis. E precisavam mais agir com selvageria. Fazendo referência ao discurso da prisão, Rick concluiu com a frase “WE ARE NOT THE WALKING DEAD” (nós não somos os mortos-vivos).

  • Rick conclui seu discurso dizendo que considera este mundo como um presente, apesar de tudo, pois era a oportunidade de reconstruir, fazendo melhor do que era antes.
  • Rick acusa a Governadora Milton de não respeitar os outros, agindo como nos velhos tempos, onde poucos viviam às custas de muitos.
  • Ao acusá-la de guiar seu povo à morte apenas para manter o poder a qualquer preço, Rick instigou o povo contra a Governadora.
  • Por fim, Pamela foi presa sob os protestos de seu filho, Sebastian.
  • Com o embate resolvido, Mercer revelou sua surpresa ao ver toda a comunidade trabalhando para limpar os estragos e afirma que o discurso de Rick os inspirou.

  • Após os ânimos terem se acalmado, Rick solta Pamela como demonstração de boa-fé.
  • Michonne revela à Rick que a auto-estima em Commonwealth está maior do que nunca e que o povo está se organizando para as primeiras eleições. E que há um candidato já na liderança: o próprio Rick!
  • Rick fica surpreso, mas recua, lembrando que seu lugar é em Alexandria. Mas Michonne não compra este argumento, pois está tudo ajeitado por lá e o motiva ainda mais a concorrer as eleições.

  • À noite, Carl também insiste para que Rick se candidate, mas ele ainda acredita que Commonwealth precisa ser liderado por alguém que já more lá.
  • Enquanto dormia, Sebastian invade o quarto de Rick, armado, acusando Rick de ter causado a ruína de Commonwealth. Sem deixar Rick se explicar, ele atira, acertando Rick no peito.

A seguir: o que Carl fará!?

Comente conosco

O que você achou desta edição de The Walking Dead?

Quer receber as últimas notícias de The Walking Dead direto no seu Whatsapp?
> CLIQUE AQUI <

"We are surrounded by the dead. We're among them and when we finally give up, we become them! Don't you get it? WE ARE THE WALKING DEAD!"
Prezamos por comentários relevantes e respeitosos. Confira nossa Política de Comentários e para mais discussões sobre The Walking Dead e outras séries, curta nossa página no Facebook! Gostaria de escrever para o The Walking Dead Brasil? Clique aqui e faça parte do site.