A família de John Bernecker, dublê que morreu tragicamente em um acidente durante as gravações da 8ª temporada de The Walking Dead, deve dar entrada a um processo judicial contra a AMC em breve.

Susan Bernecker, mãe do dublê, contratou o advogado Jeffrey R. Harris, que representou os pais da operadora de câmera Sarah Jones em um processo que lhes rendeu uma indenização de US$ 11 milhões. Jones foi atropelada por um trem em 2014 durante as gravações do filme Midnight Rider, que sequer foi concluído em decorrência do acidente.

De acordo com o escritório de Harris, Susan deve dar entrada no processo nas próximas semanas.

Acidentes como este não ocorrem em uma produção sem que algum erro tenha sido cometido.

John Bernecker faleceu após uma queda de mais de 6 metros durante uma cena na qual deveria cair de uma sacada, contracenando com o ator Austin Amelio (Dwight).

De acordo com o diretor assistente Matthew Goodwin, ele errou o colchão de proteção por centímetros e caiu de cabeça no chão de concreto.

Fonte Comic Book
For what do we live, but to make sport for our neighbors, and laugh at them in our turn?
Prezamos por comentários relevantes e respeitosos. Confira nossa Política de Comentários e para mais discussões sobre The Walking Dead e outras séries, curta nossa página no Facebook! Gostaria de escrever para o The Walking Dead Brasil? Clique aqui e faça parte do site.
  • cakeraker

    Como se alguns milhões fosse trazer o cara de volta. Dublê que é dublê sabe dos riscos que corre.

    • Giuliano Felipe

      Não interessa, e uma vida por trás do duble, cara sonso!

      • StrikerX

        Independente disso,dublês são pagos para correr o risco no lugar dos atores,foi uma fatalidade?
        Sim,são os ossos do ofício.

        • Jean Felipe

          Sério que vocês defendem uma empresa? Algo aconteceu lá que não aconteceu em nenhum outro trabalho.

          • StrikerX

            Não estou defendendo a empesa,dublês são pagos para correr riscos e sabem muito bem do que pode acontecer,só isso.

          • Camila Belmont

            Não é que ele merecia o que aconteceu pessoal, interpretação, sabe?
            No contrato você sabe que é uma profissão de risco, quem aceita o emprego sabe que apesar do bom salário, você trabalha com riscos, foi um erro, teve um acidente, mas não é como se isso nunca acontecesse, é como se eu formasse pra ser policial e processassem uma delegacia por eu ter morrido baleada. É uma vida, foi um erro fatal, mas acontece e qualquer um que assina o contrato sabe disso, e ele não foi uma excessão. A profissão oferece riscos

          • cakeraker

            Ninguém está defendendo a empresa, mas todo dublê sabe do risco absurdo que corre. Acidentes com dublês acontecem o tempo todo, mas o o caso é que uns acabam dando sorte na hora do incidente. Aconteceu com o próprio Tom Cruise. A família está passando por uma perda, e isso é terrível, mas não há nenhuma prova de negligência por parte da produção da série até agora.

          • Camila Belmont

            Sim a profissão trabalha com isso, achei ridículo processarem a empresa por isso, foi uma vida, mas olha a profissão… ele não tava ganhando um puta salário pra fazer cosplay de ator.

        • Elizeu Drummond

          Existe uma diferença de correr risco e sofrer um acidente por negligência de normas de segurança por parte da produção da série. Se for provado que foi isso mesmo que aconteceu a família do cara tem direito a cada centavo que receber e muito mais. Que argumento mais estúpido o seu, “ele é pago pra correr risco, morreu porque quis”. ¬¬’

    • Camila Belmont

      Não é que ele merecia o que aconteceu pessoal, interpretação, sabe?
      No contrato você sabe que é uma profissão de risco, quem aceita o emprego sabe que apesar do bom salário, você trabalha com riscos, foi um erro, teve um acidente, mas não é como se isso nunca acontecesse, é como se eu formasse pra ser policial e processassem uma delegacia por eu ter morrido baleada. É uma vida, foi um erro fatal, mas acontece e qualquer um que assina o contrato sabe disso, e ele não foi uma excessão.

  • susana m. c.

    Tava demorando !!!!