De acordo com informações do site ComicBook.com, Greg Nicotero irá dirigir o episódio de estreia da 8ª temporada de The Walking Dead.

Nicotero é um dos produtores executivos de The Walking Dead e o guru da maquiagem de efeito, responsável pela criação dos zumbis da série. Ele já dirigiu 20 episódios até o momento, incluindo a estreia e a final da 7ª temporada.

A premiere da 8ª temporada, ainda sem título, será o 100º da série. Para comemorar o marco, o showrunner Scott Gimple prometeu surpreender os espectadores:

Vou te dizer. Vai ser maior. Vai ser mais intenso. Eu sempre falo isso e esse ano é a mesma coisa. Mais intenso. Os quatro primeiros episódios derreterão a mente das pessoas e quebrarãosuas televisões.

A produção e boa parte do elenco já está no estado americano de Georgia, onde ficam as locações da série, se preparando para as filmagens, que devem se iniciar em maio.

Quais são suas expectativas para o retorno de The Walking Dead?
Deixe sua opinião nos comentários!

Fonte CB
For what do we live, but to make sport for our neighbors, and laugh at them in our turn?
Prezamos por comentários relevantes e respeitosos. Confira nossa Política de Comentários e para mais discussões sobre The Walking Dead e outras séries, curta nossa página no Facebook! Gostaria de escrever para o The Walking Dead Brasil? Clique aqui e faça parte do site.
  • Lucas Souza

    Espero a temporada inteira seja boa, não só os 4 primeiros episódios.

  • marcos antonio

    a expectativa é grande

  • Chuck Norris

    “Os quatro primeiros episódios derreterão a mente das pessoas e quebrarão suas televisões”
    o resto será historinha pra boi dormir e gazelas computadorizadas feitas em um Pense Bem

  • GFS

    Que o episódio 100 será ótimo, acredito plenamente, ainda mais com a direção do Nicotero, o material das HQs 115, 116, etc… pra se basear, mas esse papo de “derreter mentes e quebrar tevês” é não apenas marketing exagerado, mas uma propaganda enganosa que o pessoal já está acostumado e vacinado, e os(as) raros(as) que não se acostumaram e ainda acreditam nessas frases de efeito vão é se decepcionar muito com esses exageros extremos.
    O problema é esse: vender propaganda gigantescamente maravilhosa de algo acaba gerando uma expectativa gigantesca daquilo, e se não for realmente esplêndido, maravilhoso, fantástico, a decepção é que será gigantesca.