Ao final de Time for After, o 7º episódio da 8ª temporada de The Walking Dead, Rick volta ao Santuário com Jadis e seu grupo e se depara com o pior cenário possível: seus vigias estão mortos, ninguém responde no rádio e os zumbis que cercavam o local desapareceram.

E os responsáveis por grande parte do estrago foram ninguém menos que Daryl e Tara, com o auxílio de Morgan, os quais se desviaram do plano original e decidiram atacar o Santuário por conta própria usando um caminhão de lixo, fazendo assim com que os mortos-vivos invadissem o local.

A rebeldia da dupla realmente levou os planos contra os Salvadores por água abaixo ou a ação acabará sendo útil no futuro, de alguma forma?

Motivação

Daryl e Tara discordavam bastante da opinião de Rick de como lidar com os Salvadores. Enquanto o líder de Alexandria está determinado a poupar os trabalhadores que seguem Negan por medo ou falta de opções, eliminando somente os soldados, Tara e Daryl estão focados em uma vingança pessoal no intuito em dar um fim mais rápido, e violento, ao conflito.

Os dois também querem a morte de Dwight em retaliação ao assassinato de Denise, namorada de Tara, e pelas torturas e humilhações sofridas por Daryl durante seu cativeiro no Santuário.

Apesar de seus erros no passado, Dwight proveu informações fundamentais para as estratégias contra Negan e parece sinceramente preocupado com o bem-estar dos civis que habitam no Santuário. Sua morte neste momento seria contraproducente, tanto pela perda de um valiosa fonte de informações quanto pelas implicações diplomáticas de se matar um agente duplo a serviço de Alexandria.

Afinal, em uma guerra também devem ser considerar os fatores políticos e diplomáticos, e não somente as táticas de combate.

Era mesmo necessário?

De modo geral, mesmo com o extermínio dos soldados do Reino, ao qual Daryl se referiu ao menos duas vezes como um dos motivos pelos quais uma nova estratégia deveria ser elaborada, o plano de Rick parecia estar sendo bem-sucedido.

Até mesmo Jadis se comprometeu a lutar ao lado de Alexandria, após a luta bizarra de Rick contra o Wislow 2. Então por que mudar as coisas neste ponto? Especialmente quando há três comunidades envolvidas nos planos, as quais não foram informadas sobre mudanças táticas, o que poderia colocar em risco vidas de aliados.

Apesar de ter sido uma das mais sedentas por vingança, chegando a obrigar Eugene a fazer uma bala para tentar matar Negan pessoalmente, Rosita acabou decidindo não se juntar a iniciativa comandada por Daryl, declarando acreditar na capacidade de Rick como líder.

Aparentemente, sua missão malfadada com Sasha lhe ensinou a agir de maneira mais comedida.

As consequências

Ainda não sabemos quais serão os próximos passos de Daryl, Tara e Morgan após a colisão do caminhão e nem a extensão na qual a atitude favoreceu os Salvadores.

Nos vídeos promocionais, vemos Rick e Jadis sendo atacados, Maggie se deparando com uma emboscada e Negan cercando Alexandria, exigindo a rendição da comunidade. Também não foi explicado o porquê dos vigias estarem mortos quanto Rick chega ao Santuário, no entanto é possível que eles tenham sido eliminados pelos Salvadores.

Obviamente, Rick não deverá ficar muito satisfeito ao saber da atitude, especialmente depois da briga com Daryl por causa do assunto no 5º episódio da temporada.

É bastante provável que o escape dos Salvadores do Santuário arraste a guerra até o final da 8ª temporada, ao dar Negan a chance de recuperar seus domínios.

Qual a sua opinião?

Você acha que Daryl e Tara estragaram todos os planos da guerra? Suas atitudes são justificadas? Vote na enquete e comente conosco!

For what do we live, but to make sport for our neighbors, and laugh at them in our turn?
Prezamos por comentários relevantes e respeitosos. Confira nossa Política de Comentários e para mais discussões sobre The Walking Dead e outras séries, curta nossa página no Facebook! Gostaria de escrever para o The Walking Dead Brasil? Clique aqui e faça parte do site.