De forma inesperada, a história original de The Walking Dead, em quadrinhos, chegou ao seu fim após 15 anos.

Na penúltima edição vimos a morte de Rick Grimes e a edição final mostrou o novo mundo que surgiu, décadas após o início do apocalipse zumbi, com a restauração da civilização e os zumbis praticamente não existindo mais.

Contudo, a ideia original de Robert Kirkman, o criador dos quadrinhos, era bem diferente. O site Entertainment Weekly relembrou a ideia original que o autor comentou em na seção de cartas dos leitores da edição 123, no arco da Guerra Total.

Quando os rumos da história foram para Alexandria na edição 72, as coisas eram para acontecer exatamente como vimos. Rick e seu grupo teriam problemas para se adaptar por causa de tudo que eles passaram. Isso acarretaria em um conflito em Alexandria e eventualmente Rick tomaria o controle.

Como vimos, o grande arco do SEM SAÍDA [quando uma grande horda cercou a comunidade] terminou com Rick proclamando que Alexandria era um lugar pelo qual valia a pena lutar, portanto eles não deveriam mais ficar sempre procurando um novo lugar… eles deveriam se posicionar, criar raízes e começar a construir a partir dali. Os dias de nômades ficaram para trás.

Essa foi a história original que foi mostrada tanto nos quadrinhos (edições 79 até 84) quanto na série de TV (ao longo da primeira parte da 6ª temporada).

O que vimos a seguir foi a descoberta de novas comunidades e a ameaça dos Salvadores, aumentando as apostas de todos. Contudo, Kirkman revelou que originalmente este deveria ser o final original da história de The Walking Dead, após o arco Sem Saída:

Bem, por anos… o planejamento foi que este seria… o fim. Rick teria feito sua proclamação e o discurso terminaria com um grande close em seu rosto. Ao virar a página, veríamos o mesmo rosto de Rick, só que como uma estátua…

Então a imagem iria se afastando, mostrando a estátua por completo, com algumas plantas crescendo na base… e rachaduras se formando… então perceberíamos que essa estátua era BEM VELHA!

Então o cenário continuaria se afastando, mostrando o cenário, mostrando que aquela estátua estava em Alexandria, no mesmo local que Rick havia feito o discurso. Mas a comunidade estava diferente.

Tudo estava velho e acabado. Janelas quebradas e portas caídas. Contiuaríamos afastando até mostrar um zumbi passando, e então outro…

Veríamos então que Rick trouxe todos para Alexandria, fez seu grande discurso sobre reconstruira civilização e teve SUCESSO ao ponto que criaram uma estátua em sua homenagem…

Mas no final, os mortos venceram. A sociedade ruiu novamente, desta vez aparentemente de forma definitiva… e esse seria o fim.

Cena da edição final de The Walking Dead. Carl adulto contempla a estátua de seu falecido pai.

Kirkman acabou descartando esta ideia.

Este final… olhando para trás, seria vergonhosamente ruim. Mas, além disso, eu ainda não estava pronto para terminar a série.

Confira também:

***

O que você achou deste final sombrio para The Walking Dead? Prefere esta versão ou o final oficial, com a sociedade sendo reconstruída e os personagens tendo um final feliz?

Quer receber as últimas notícias de The Walking Dead direto no seu Whatsapp?
> CLIQUE AQUI <

Fonte EW
"We are surrounded by the dead. We're among them and when we finally give up, we become them! Don't you get it? WE ARE THE WALKING DEAD!"
Prezamos por comentários relevantes e respeitosos. Confira nossa Política de Comentários e para mais discussões sobre The Walking Dead e outras séries, curta nossa página no Facebook! Gostaria de escrever para o The Walking Dead Brasil? Clique aqui e faça parte do site.