Então você acha que está preparado para o apocalipse zumbi? Já fez aqueles passos que todos já sabemos e se sente pronto? Tipo estocar água, comida e remédios, além das sempre essenciais armas. Muitas armas!

E você também tem noção do que fazer nos primeiros dias, não é? Evitar áreas com grande densidade populacional e encontrar um abrigo distante e seguro, o mais longe possível daqueles fedorentos mortos-vivos.

Zumbis têm sido fonte de entretenimento por vários anos, mas na última década eles viraram uma verdadeira febre com filmes, séries, livros e games de sucesso. Com tanta atenção voltada para estas criaturas, muitas teorias sobre suas origens surgem, fomentadas por escritores e até mesmo por cientistas.

Mas seja vírus que manipulam o corpo e a mente humana, radiação, fungos ou vudu, eles são um paradoxo físico. Eles estão mortos, mas mesmo assim conseguem se movimentar e têm força o suficiente para rasgar pessoas e animais. Portanto, para a nossa sorte, de acordo com as noções atuais de biologia humana, os zumbis são impossíveis de existirem – pelo menos não na forma de corpos em decomposição vagando em busca de carne. Confira os motivos que impedem a jornada de um cadáver.

1 - Problemas climáticos

Atlanta é a cidade norte-americana onde começou The Walking Dead. E durante os meses mais quentes a temperatura e a umidade sobem tanto que parece uma sauna.

A longo prazo, o clima implacável do planeta faria um estrago imenso nos zumbis, em diversas formas. Altas temperaturas e umidade aceleram a putrefação ao criar o ambiente perfeito para a proliferação de insetos e bactérias que decompõem qualquer coisa. E o clima quente e seco de um deserto os mumificaria em questão de horas.

Ainda tem mais. Climas frios deixariam os ossos deles ainda mais quebradiços e frágeis. O próprio peso de seus corpos já seria o bastante para destruir boa parte do esqueleto de um corpo decomposto.

E tudo isso sem mencionar os danos de raios ultravioletas e forças da natureza como furacões, chuvas e nevascas.

2 - Péssima coordenação motora

Somos todos animais mecânicos. A locomoção é possível graças à união de músculos, tendões, esqueletos e muito mais. Quando uma das partes deste sistema apresenta problemas, nossa mobilidade é prejudicada ou mesmo paralisada.

Como seres com músculos decompostos e ossos quebrados conseguem caminhar (e as vezes até correr)?

3 - Imunidade zero

Vírus, fungos, bactérias e outros invasores microscópicos têm atacado a humanidade desde sempre, diminuindo nossas expectativas de vida e causando muito sofrimento. Somente no século 17 que finalmente descobrimos estes inimigos invisíveis e como nosso corpo os combate.

Nosso corpo está em constante batalha para nos manter vivos. Pessoas com deficiência no sistema imunológico têm que lidar com muitas dificuldades.

E isso deveria ser válido para zumbis também, pois para começar eles sequer têm um sistema imunológico. E sem defesas, micro-organismos podem fazer a festa, assim como em qualquer outro cadáver.

4 - De onde vem a energia?

Seres vivos se alimentam para extrair a energia que precisam para continuarem vivos. Ao ingerir alimentos, há todo um processo metabólico que os zumbis claramente não possuem, apesar do instinto de sempre procurarem algo para mastigar.

Sem este processamento, não há como gerar energia para continuar se movendo.

5 - A ameaça de outros animais

Carniça é um banquete para abutres, lobos, hienas e vários outros animais. E não são apenas os que estão no topo da cadeia alimentar. Pequenos roedores como ratos adorariam tirar alguns nacos de cadáveres. E mesmo os domésticos, como cães e gatos não teriam escolha a não ser devorar seus próprios donos.

E em um apocalipse zumbi haverá comida de sobra para estas espécies, que se multiplicariam rapidamente. Um rato pode ser inofensivo para um zumbi. Mas e se forem cem deles?

6 - Perda dos sentidos

Os cinco sentidos são essenciais para nossa sobrevivência. Sem eles ficaríamos a mercê de qualquer predador e seríamos incapazes até mesmo de nos alimentarmos.

Como zumbis são seres em decomposição, é meio difícil entender como eles mantém as funções necessárias para sair em busca de cérebros. Assim que o corpo falece, as primeiras partes a se decompor são o tecido mole dos olhos e os tímpanos. Criaturas cegas e surdas não parecem ser uma ameaça muito séria…

7 - Transmissão pouco eficaz

A natureza desenvolveu algumas formas terríveis de transmissão de germes. Mas, tirando as peculiaridades da infecção em The Walking Dead, onde todos já estão infectados, a maioria da literatura envolvendo mortos-vivos mostra a mordida de um zumbi como método de disseminação da doença.

Comparado com transmissão pelo ar, insetos e outros animais, este método é extremamente ineficaz e trabalhoso. Afinal, é necessário agarrar e morder a vítima. E já vimos que zumbis não têm muita energia para gastar…

8 - Sem fator regenerativo

Seres vivos têm a incrível capacidade de regenerar seus ferimentos, principalmente se houver a higienização adequada.

Mas novamente isso não acontece com zumbis. Todos os seus ferimentos, mesmo os arranhões, são permanentes. Não só isso, mas sem tratamento eles vão ficando cada vez piores. Em um corpo fragilizado, o menor corte pode se transformar em um enorme rasgo em pouco tempo.

9 - O que acontece com a comida?

O estômago é um órgão flexível. Se você comer muito, ele tende a aumentar sua capacidade de armazenamento. Mas há limites que os zumbis desconhecem. E mesmo se conhecessem, não poderiam fazer nada para contornar, pois o que é ingerido não é metabolizado!

Ou seja, todos aqueles humanos suculentos que foram devorados continuarão dentro deles, até que ele seus estômagos se rompam, o alimento fique preso na garganta ou toda a massa seja empurrada pelo ânus.

Sem contar a enorme fermentação da massa em decomposição dentro de outro corpo em decomposição, que geraria uma grande quantidade de gases, que também precisam ser liberados. No final os zumbis seriam grandes bombas flatulentas ambulantes.

10 - Nem dentadura resolve

Os dentes são as partes mais resistentes de nosso corpo. Eles podem durar por praticamente a vida toda. Mas apenas se houver a higienização adequada. E como era de se esperar, zumbis geralmente não escovam os dentes nem passam fio dental.

Por mais que os dentes durem bastante e por mais que os dentes quebradiços se tornem boas presas, no final das contas eles não serão capazes de morder algo mais duro. Qual deve ser a sensação de ser mordido por um zumbi banguela?

***

Você concorda com a lista? Consegue imaginar outras razões que tornaria inviável a existência de zumbis?

Quer receber as últimas notícias de The Walking Dead direto no seu Whatsapp?
> CLIQUE AQUI <

Fonte How Stuff Works
"We are surrounded by the dead. We're among them and when we finally give up, we become them! Don't you get it? WE ARE THE WALKING DEAD!"
Prezamos por comentários relevantes e respeitosos. Confira nossa Política de Comentários e para mais discussões sobre The Walking Dead e outras séries, curta nossa página no Facebook! Gostaria de escrever para o The Walking Dead Brasil? Clique aqui e faça parte do site.