SPOILER ALERT: Este artigo contém spoilers do 9º episódio da 5ª temporada de The Walking Dead, “What Happened and What’s Going On”.

Depois dos questionáveis eventos que ocorreram na mid-season, The Walking Dead retorna com mais um episódio inédito.

“What Happened and What’s Going On” encerra a jornada de Tyreese, personagem muito querido na HQ, mas que na série ficou descaracterizado. O arco de Tyreese foi encerrado com alucinações, questões interpretativas em relação ao personagem, esperança e sangue.

Confira a análise descritiva do episódio “What Happened and What’s Going On” e deixe nos comentários suas percepções pessoais.

Início do episódio

Sol

O início do episódio, antes dos créditos, contém flashbacks, flash forwards, alucinações e cenas totalmente interpretativas como o desenho da casa emoldurado em um pequeno porta retrato, o sol que parece ser desenhado com giz no asfalto, os trilhos do trem que através da técnica de filmagem apresenta a ideia de continuidade e for fim, o esqueleto, que representaria a questão central do episódio.

Anteriormente vimos também o Padre Gabriel lendo um sermão de passagem que imaginamos ser para Beth, mas que na verdade era para Tyreese. Presenciamos também uma breve cena de Maggie sofrendo pela perda da irmã e Rick traçando um novo objetivo como meta para o grupo, Richmond, Virgínia, local onde Noah iria com Beth, uma nova comunidade, Shirewilt, um local seguro.

What Happened

casa sangue

No caminho para essa nova comunidade acontece uma conversa entre dois personagens. Noah expõe como está se sentindo e Tyreese tenta confortá-lo trazendo à tona fragmentos de sua infância e da forma como seu pai o criou, evidenciando que apesar de existir coisas ruins no mundo a única opção é enfrenta-las e estar preparado, pois viver nos cobra esse preço. Também descobrimos que Noah espera encontrar sua mãe e seus dois irmãos, que são gêmeos. O grupo formado por Rick, Noah, Michonne, Tyreese e Glenn estaciona o carro e decide seguir os últimos quilômetros a pé, através da floresta.

Os outros integrantes do grupo permanecem alguns quilômetros atrás, esperando Rick vasculhar o local para garantir a segurança. Chegando em Shirewilt, ao ver que a comunidade ruiu e que provavelmente todos estão mortos, Noah entra em desespero, desaba e chora copiosamente. Rick, Michonne e Glenn saem em busca de suprimentos ou algo útil, enquanto Tyreese tenta consolar Noah.

1b26a15a31cb4497c439f6383e9bc5dc

Visivelmente existe um clima mais pesado a essa altura entre os componentes do grupo, Glenn e Michonne parecem estar perdendo o resquício de esperança que ainda tinham enquanto Rick tenta mantê-los unidos. Rick fala para Glenn que claramente Dawn não queria ter matado a Beth, mas aconteceu, e seguir para a comunidade dos familiares de Noah era o que Beth queria e que todos deviam isso a ela, mesmo que fosse uma jornada fadada ao fracasso, como de fato foi. Tyreese defere palavras de esperança a Noah, dizendo que já quis morrer, mas que por manter-se vivo ele pode ajudar Judith, passando sempre a ideia que não podemos desistir.

Noah se recompõe, mas sai correndo em direção a sua antiga casa. Independentemente do que irá encontrar, ele precisou ver o que aconteceu com sua família. Ao entrar, prontamente vê sua mãe no chão da casa, ajoelha-se e fica divagando enquanto Tyreese vasculha o restante do local. Dentro de um cômodo ele vê um zumbi pelo vão da porta e o ignora, depois entra em outro quarto e vê um dos irmãos de Noah deitado na cama. Visivelmente triste, Tyreese se distrai com uma série de fotografias na parede do quarto, fotos que mostravam os irmãos de Noah. Nesse momento o zumbi-irmão sorrateiramente se aproxima e morde o braço do Tyreese.

Sem título (4)

Certamente essa cena será duramente criticada e a morte do Tyreese, assim como de muitos outros personagens, será tachada de idiota. Não concordo com isso e vou explicar a razão: Quanto estamos em algum ambiente, em algum momento somos surpreendidos por alguém que chega sorrateiramente, podemos perceber a aproximação, ou não. Então esse tipo de morte é um ponto fora da curva porque os personagens são muito fortes em muitos sentidos, mas pensando racionalmente, são mortes totalmente plausíveis.

Seguindo com a análise, Noah entra no quarto e mata seu irmão deferindo um golpe com um aviãozinho em sua cabeça. Outra questão simbólica, uma criança sendo morta com um brinquedo. Tyreese cai no chão, sangrando muito enquanto Noah corre em busca de ajuda.

What’s Going On

trem

A partir daí começam as partes mais surreais, alucinarias e interpretativas da série até agora. Um rádio repentinamente se liga informando notícias de mortes, fazendo referência a conversa que Tyreese teve com Noah no carro onde mencionou que seu pai o fazia ouvir esse tipo de coisa para fortalece-lo. Em seguida ele vê Martin divagando sobre as atitudes de Tyreese e cita o efeito dominó, levantando a questão de que se Tyresse o tivesse matado na cabana talvez Gareth não perseguiria o grupo, talvez Bob estivesse vivo e talvez o destino de Beth fosse outro. Na sequência Bob aparece e diz que tudo foi como tinha que ser e que Tyreese não era responsável pelo que tinha acontecido, era inevitável.

martin

O Governador também aparece falando coisas mais negativas contra Tyreese, já Mika e Lizzie falam coisas positivas e as alucinações iniciam uma espécie de discussão entre si. Claramente isso é uma referência as coisas que Tyreese fez ou não fez, como ele era ou como deveria ser, um clássico conflito interno que o personagem vivia há muito tempo ilustrado da melhor forma possível. Quando o Governador se exalta e avança sobre Tyreese ele volta a realidade e percebe que é um zumbi, ele mescla essas ilusões com a realidade nesse momento. Tyreese é atacado violentamente e para não ser mordido fatalmente deixa que o zumbi ataque novamente seu braço enquanto busca algo para se defender. Depois de matar o zumbi, cai novamente no chão e tem mais uma sequência de alucinações.

Em outro lugar de Shirewilt, Michonne mostra-se interessada em criar raízes naquele local, mas prontamente é contrariada por Rick e Glenn. Michonne teve uma boa participação nesse episódio, principalmente em suas falas. Nessa parte ela discursa visivelmente cansada de tudo aquilo, questionando se ter esperança de algo bom, como poderia ser Washington não é melhor que simplesmente sobreviver? Rick agarra a esperança de Michonne e decide que o grupo irá até Washington tentar a sorte, já que Eugene queria ir para lá pode haver uma boa chance de existir um lugar seguro. Todos são surpreendidos por gritos de socorro de Noah. Depois de matar os zumbis que cercavam Noah, eles se deslocam ao local onde Tyreese está.

beth

Em outro momento de devaneio de Tyreese, Beth aparece tocando violão e cantando e todos dizem que Tyreese não precisa mais participar daquilo, creio que estejam se referindo ao mundo atual. Tyreese foi um personagem que visivelmente não se adaptou as regras do novo mundo, o que evidencia muito o quão bom ele era antes. O Governador fala sobre como Tyreese perdoou Carol por ter matado Karen e que isso mostra como ele era fraco e não tinha aprendido nada, mas Tyreese se posiciona em meio a tantas opiniões e diz que sempre tentou ajudar e que não ia desistir, ele sabe o que é, sabe o que aconteceu e o que está acontecendo. Nesse momento Tyresse assume que ele não foi forjado nesse mundo e que apesar de mudar, normalmente mostrando o pior do ser humano, seja necessário, ele se manteria com suas convicções e sua humanidade, ele acredita sempre ter feito o correto.

Lizzie e Mika seguram sua mão e em um instante a realidade volta à cena, Rick e Glenn o estavam segurando para que Michonne pudesse cortar seu braço e conter a infecção. Todos saem correndo em direção ao carro e quando estão tentando liga-lo Rick acelera a bate um outro veículo. Nesse momento caem diversos partes de corpos, principalmente troncos, inclusive alguns com marcas na testa, o que poderia indicar acontecimentos futuros na série.

59a08268843642d9c2333e850fc99cd3 governador

No carro, Tyreese ainda lúcido continua a ouvir o rádio narrando acontecimentos chocantes. Tyreese fala para Bob, Beth e suas outras alucinações desligarem o rádio, indicando o fim de sua jornada. O carro para, Rick e os outros saem do carro consternados com a perda de Tyreese.

A cena inicial do episódio se repete, Tyreese sendo enterrado e o Padre Gabriel lendo um sermão de passagem.

Opinião

Sem título (3)

Quem acompanha a HQ sabe que o Tyreese mostrado lá é totalmente o oposto do personagem da série. Na HQ Tyreese divide as ações como protagonista ao lado de Rick e faz o que tem que fazer para sobreviver, já na série a aposta foi em um personagem mais humano com muitos conflitos pessoais. Inicialmente não gostava do personagem da série, mas passei a entendê-lo de certa fora, o que me fez gostar dele no final das contas.

Em meio a tantos personagens badass, Ty talvez fosse o mais humano e podemos dizer que as reações dele não fogem da realidade. Chad Coleman fez um bom papel e Tyreese não será esquecido. Quanto ao episódio em si, foi dito que o público amaria ou odiaria e acredito que seja bem isso. Eu adorei o episódio, certamente uma das melhores cargas dramáticas da série e uma das poucas jornadas de autoconhecimento.

As alucinações foram muito bem utilizadas para passar uma mensagem e as mensagens implícitas nos detalhes também foram ótimas. A cena da Beth tocando violão foi sensacional, uma alucinação tocando uma música absurdamente sugestiva para o momento é muito bom.

O que você achou do episódio What Happened and What’s Going On? A jornada do Tyreese foi encerrada de forma digna? Deixe suas opiniões nos comentários.