Iniciamos no exato ponto em que paramos no último episódio. A comitiva de resgate do casal apaixonado segue se embrenhando na mata com o Beta no seu rastro. Na outra ponta temos o início da feira entre as comunidades. E no meio disso tudo, temos muita enrolação, confusão e inserção de novos em uma série com o elenco quase saturado.

Sem sombra de dúvidas o pior episódio da segunda metade da nona temporada que, mesmo com essa pecha, tem muita coisa positiva.

Daryl realiza com sucesso o resgate de Henry e Lydia enquanto beta está na sua cola. A forma com que Beta lida com os Sussurradores após o ataque na mata é algo marcante e mostra o quão inserido ele está naquele modo de vida e como ele preza pelos seus, ainda que de um modo muito bizarro, é verdade.

Alpha, infelizmente não deu as caras nesse episódio, deixando o protagonismo do seu bando para seu braço direito. O núcleo da perseguição foi o único ponto alto deste episódio.

A feira das comunidades parece que finalmente está encaminhada, mas os planos de Carol são tolhidos quando um novo grupo, os caricatos Salteadores, ameaçam as estradas que interligam as comunidades e exigem pagamento de pedágios para que todos cheguem à feira.

Quando surge o novo imbróglio e Ezequiel e seu time preparam-se para confrontar o grupo, eis que em um pastelão Carol resolve toda a bandalheira oferecendo o ingresso para uma sessão de cinema em troca da cooperação do novo grupo.

Realmente, o núcleo do Reino é a válvula humorística da série, jogando a fodástica Carol na vala dos comuns e apagando deliberadamente seu passado glorioso. Sim, pois aquela que em outrora teria exterminado todo o grupo desconhecido sem pestanejar, agora oferece sorrisos e benevolências. É lamentável.

Entrincheirados em um prédio abandonado, Daryl e seus companheiros prepararam uma armadilha para Beta e seu pequeno grupo de Sussurradores, que estão lhes perseguindo. É tudo bastante engenhoso e executado com maestria.

Beta x Daryl foi selvagem e intenso. Beta é um animal, reduzindo Daryl em um garotinho que encara o vilão. Mas Daryl é mais esperto, e com isso consegue abater o imortal brutamontes.

Um episódio mal construído. Sem a menor dúvida é o grande desencontro dessa segunda metade de temporada. Falhas no roteiro, mas com uma boa montagem. Peca em inserir mais personagens, mas compensa com cenas bem conduzidas. Não avança na narrativa, mas se resolve dentro do seu tempo.

Todavia notem uma coisa: até mesmo o pior episódio, de forma geral, consegue agradar e se sustentar. Não vou me alongar mais, são novos tempos, parabéns Angela Kang.

Nota: 6,5

The Walking Dead 9ª Temporada Episódio 13

Título: Chokepoint (Gargalo)

Temporada: The Walking Dead 9ª Temporada

Data de Estreia: 10/03/2019

Roteiro: David Leslie Johnson e Eddie Guzelian

Direção: Liesl Tommy

Sinopse: A ousada missão de resgate de Daryl força Alpha a designar um de seus próprios grupos para resgatar algo que pertence a ela, mesmo se o preço for pago em sangue; o plano do Reino de reunir as comunidades é ameaçado.

Quer receber as últimas notícias de The Walking Dead direto no seu Whatsapp?
> CLIQUE AQUI <

Um Gaúcho apaixonado por cinema e séries. Acompanho The Walking Dead desde 2011. Atualmente vejo em FEAR um potencial muito maior do que na série original. John Dorie é o melhor personagem já criado no universo TWD.
Prezamos por comentários relevantes e respeitosos. Confira nossa Política de Comentários e para mais discussões sobre The Walking Dead e outras séries, curta nossa página no Facebook! Gostaria de escrever para o The Walking Dead Brasil? Clique aqui e faça parte do site.